Jorge Cavalcante's Posts

A criação de um vínculo forte com o cliente é um dos segredos para o sucesso de uma negociação. O acompanhamento, ou follow up, é um procedimento que exige dedicação por parte do vendedor ou executivo de contas, mas que, se bem executado, pode garantir mais do que a venda do momento. A tendência é que a atenção dispensada ao cliente leve a uma fidelização, o que fará com que o corretor seja lembrado para futuras negociações.

São muitas as táticas que podem ser adotadas. A preocupação primordial é não se tornar inconveniente. Nem tampouco repetitivo. A cada contato com o cliente, o vendedor deve se certificar de que tem um fato novo a apresentar. Outro ponto fundamental é sempre se mostrar disponível para sanar qualquer dúvida do cliente. O bom vendedor também deve retornar rapidamente uma ligação. Nesses pequenos gestos, o profissional mostra o quanto o cliente é importante para ele.

Atualmente, com o advento e a popularização das novas tecnologias, as possibilidades de contato se tornaram mais amplas. O e-mail é uma plataforma que pode ser bem eficaz, assim como o WhatsApp.

Essas ferramentas de comunicação, são excelentes meios para informar o cliente sobre novas oportunidades e novos pontos de veiculação dentro da rede ou mesmo passar dados a respeito da região de preferência dele, como fluxo de pessoas, número de telas por ponto ou mesmo informações de público alvo. O fundamental é que, de fato, essas informações tenham alguma utilidade prática para o cliente, o o ajude na tarefa de decisão. Enviar apenas propaganda fará com que o interessado pare de ler os e-mails ou até mesmo lhe bloquei nos dispositivos.

O acompanhamento do cliente será tão eficiente quanto maior for a quantidade de informações disponíveis. Portanto, um follow up bem-sucedido começa desde o primeiro bate-papo. O vendedor ou executivo de contas deve possuir sensibilidade para traçar um perfil do cliente, baseando se não só no que ele diz, mas também naquilo que muitas vezes não é falado. Desse modo, quando houver contato com o cliente, este não se sentirá apenas mais um na lista, pois o envio de informações será feito de forma bem específica.

O vendedor bem-sucedido sabe que o acompanhamento não termina com a conclusão do negócio. Manter o contato não é importante apenas para futuras vendas para esse mesmo cliente. Fazer com que seu nome seja sempre lembrado pode render preciosas indicações de um cliente satisfeito, ampliando a rede de contatos e, consequentemente, a chance de fechar novos e bons negócios.

Faça sempre uma limpeza e organização da sua lista de clientes, e veja o quanto você precisa ativa-la para ter mais resultados, seja um profissional presente e ponderado e boas vendas.

Fonte: Adaptação do texto original: Acompanhamento de clientes: Uma tática fundamental

 

Conhece a Indoor Channel?

Saiba mais

Read more

dia das mães

Datas comemorativas temos o ano todo, mas datas sentimentais como o dia das mães são poucas, então aproveite o momento e faça as coisas do jeito certo para você ter resultados.

Não basta sair divulgando promoções aleatórias ou colocando lindas canções de dia das mães, você precisa planejar e executar de forma correta. Trago aqui para você pequeno e médio empresário do varejo, 4 passos para você aparecer melhor e faturar mais nas promoções do dia das mães.

1ª – Planeje e faça diferente dos outros:

Antecipe-se no planejamento, trabalhar com antecedência pode deixar sua campanha muito mais em evidência que outras que venham depois. Busque nas redes sociais, sites e internet em geral o que seus concorrentes fizeram no ano anterior, e fuja desses modelos, certamente eles irão repetir isso, então planeje uma promoção ou comunicação diferente, alegre e que celebre o dia como uma vitória.

2ª Decida o que vai fazer:

Não adianta você fazer uma promoção e uma mensagem institucional (apenas falando coisas bonitas) você precisa decidir se vai vender alguma coisa ou se vai apenas comunicar-se com seu consumidor. Se for vender algo, veja qual a melhor maneira de destacar esse produto, qual a relação dele com a data e o valor do desconto que você pode oferecer.

3ª Hora de calcular o investimento:

Você já sabe o que vai fazer, então é hora de calcular o quanto vai investir em sua campanha, e por quanto tempo. O ideal é que uma ação onde a data final é uma data específica como o dia das mães, ela não dure mais de 45 dias, bom mesmo é quando você trabalha bem dentro ou abaixo dos 30 dias. Se você decidiu por uma venda promocional, então deve saber exatamente quanto custa o produto oferecido, e o quanto ele pode gerar de receita e lucro se vender tudo que você espera vender, ai você saberá exatamente quanto deve investir na ação. Veja esse exemplo para ilustrar melhor:

O produto custa ao consumidor R$ 100,00 reais na promoção, o que me gera um lucro líquido (descontados os impostos) de 15%.
Decidimos que o sucesso da campanha será vender 1.000 (mil) unidades desse produto durante os 30 dias da campanha, isso representa 30% mais que em meses comuns, logo;

R$ 100,00 * 1.000 = R$ 100.000,00 (venda de cem mil reais) esperado.

para atingir esse número em vendas, você deve investir de 2,5 a 5% do valor esperado, ou seja, entre R$ 2.500,00 a R$ 5.000,00 mil reais.

Agora veja comigo onde você sai ganhando;

Em um mês normal você vende em torno de 770 produtos com o valor de R$ 110,00
no mês comum você fatura: 770 * R$ 110,00 = R$ 84.700,00 reais.
vendendo na promoção você vai fazer o preço de 110,00 por R$ 99,90
chegará então a uma venda de 1.000 itens: 1.000 * R$ 99,90 = R$ 99.900,00 reais.

Isso é um resultado de R$ 15.200,00 reais a mais vendidos.
neste saldo você subtrai o valor investido, lembra entre 2,5 e 5% do valor total faturado, algo em torno de R$ 5.000,00 mil reais.

Seu saldo final será um lucro líquido de R$ 10.200,00 reais, ao fim da sua campanha caso você atinja sua meta.

Esses resultados são certeiros tal qual a matemática nele aplicado. Quanto menor o valor investido na ação menor será seus ganhos e vendas.
Agora pegue as fórmulas e aplique ao seu produto e realidade, não importa se seu produto custa R$ 1,00 ou R$ 100,00 reais, o que importa é fazer o calculo correto.

Vamos ao último passo.

4ª Distribua bem sua comunicação nos meio corretos

Tudo feito, produto e promoção decididos e verba disponibilizada, é hora de escolher como comunicar sua ação. Neste momento veja o que é mais relevante para sua comunicação chegar ao seu consumidor de forma direta e reta, pegue sua verba e divida entre os canais de comunicação. Se o seu principal meio for rádio então ele deve receber a maior quantia, e distribua nos demais meios o restante da verba. O ideal é que você coloque em torno de 30 a 40% da verba no principal meio de comunicação que seus clientes veem sua promoção e o restante divida nos demais meios que eles também vejam. Rádio foi apenas um exemplo, você deve saber qual o melhor meio para seu produto, caso não saiba, conte com a ajuda de um profissional de comunicação, nessas horas a sua verba pode ter uma fatia para esse profissional que irá fazer sua campanha com melhor qualidade.
#dica: uma dica excelente para sua campanha, é veicular em mídia digital DOOH, que são telas digitais instaladas em diversos pontos da cidade, geralmente próximas ao seu ponto comercial, assim você pode falar com o consumidor no momento certo em que ele está nas compras.
Se desejar, pode seguir essa tabela de distribuição de verba de comunicação da seguinte forma:
20% para planejamento e criação
30% para o principal veículo de comunicação que seu publico é atingido
20% para o segundo veículo de comunicação
e 30% distribuídos em partes iguais nos demais veículos

Boa campanha e excelentes resultados. Até a próxima.

Quer saber como anunciar sua Campanha em Mídia Indoor?

Conheça a Indoor Channel

Read more